Tudo O Que Precisa De Saber Sobre O ROI / Yield

17 Maio, 2012
2.748 Views

Após meia dúzia de pesquisas pela internet  sobre apostas desportivas online facilmente se irá deparar com termos que desconhece. ROI e Yield são dos que aparecem com mais frequência e dos que mais geram confusão aos leitores e apostadores. São termos muito utilizados nos mercados financeiros e que podem e devem ser aplicados às apostas com várias utilidades.

Neste artigo iremos focar mais no conceito de  Yield, algo que muitos dizem ser igual ao ROI, no entanto como discordamos em parte iremos também focar as diferenças entre ambos. É importante para qualquer apostador saber interpretar estes valores, saber o que significam e como se calculam pois só dessa forma conseguirá fazer uma avaliação total tanto sobre si como apostador, como dos apostadores e serviços que o rodeiam.

Ambos os conceitos giram em torno da relação entre retorno / investimento e são normalmente expressos em percentagens. Desta forma ajuda a desmistificar a ideia de que quem ganha mais dinheiro é o melhor apostador, simplesmente poderá ter mais capital para investir traduzindo-se num maior retorno.

A Diferença Entra ROI e Yield

O ROI (Return Of Investment) é, tal como o nome indica, o retorno que determinado investimento único proporciona. É muitas vezes aplicado sobre uma determinada banca inicial mas, nas apostas desportivas apenas é correcto fazê-lo se o investimento for progressivo numa determinada situação ou cenário.

O Yield é a nível de conceito geral o mesmo que o ROI, ou seja, ajuda a determinar o retorno existente em investimentos. No entanto, se o ROI pode e deve ser aplicado em eventos únicos já o Yield refere-se a um retorno num conjunto de investimentos tendo por base o total investido.

Desta feita e aplicando ambos os conceitos às apostas desportivas, o ROI ou ROR trata-se de uma avaliação em cada aposta pois cada aposta é um evento único. Já o Yield representa o ganho que determinado apostador tem ao longo do tempo e assim sendo, quanto mais amostras mais preciso é o seu valor.

Como Se Calcula O Yield

Percebida a grande diferença entre ROI e Yield, é preciso saber como se calcula. Apesar de definição correcta ser bastante complexa existe uma simplificação grande que se aplica na perfeição às apostas desportivas. Podemos usar a seguinte fórmula:

  • Yield = [ (Retorno – Investimento) / Investimento ] * 100

Ou seja, é preciso retirar ao retorno financeiro total, todo o investimento feito para dessa forma se ficar apenas com o lucro obtido. Nessa altura calcula-se a relação entre o lucro e o investimento, multiplicando no fim por 100 para se obter a percentagem.

Nada como um exemplo:

Vamos supor que tínhamos feito um total de 500 apostas, investindo uma unidade em cada aposta. Contas feitas ao retorno, deparámos-nos com um retorno de 580 unidades. Sendo assim e aplicando a fórmula:

  • Yield = [ (580 – 500) / 500 ] *100 = (80/500) * 100 = 16%

Nesta situação significa que teríamos um saldo positivo que corresponderia a 16% do total investido em apostas.

O Que Deve Saber Sobre O Yield

O Yield é muito utilizado no universo financeiro e como tal as apostas desportivas não podem deixar de parte tal conceito. Tem algumas aplicações práticas para além do simples controlo das suas apostas e tem uma grande relevância em determinadas situações. Os pontos que seguem ilustram não só a importância do Yield como alguns dados que deve ter em conta:

  • É usado não só para registo próprio como para classificar serviços de prognósticos/apostadores profissionais. Só com formas bem conhecidas de avaliação você irá confiar no apostador A ou B e pagar por um serviço em que esse apostador lhe dirá onde apostar. Se mostra ter lucro de forma consistente, você terá confiança.
  • Cada tipo de apostas poderá trazer rendimentos diferentes mas para quem segue um determinado apostador convém ter noção do que são bons ou maus Yields. Abaixo dos 5% serão apostadores medianos/fracos que por norma não compensam o investimento. Entre 5% e 15% de Yield são valores dentro da média e que já valem a pena ser seguidos. Acima disso são excelentes valores e dispensam mais apresentações.
  • É preciso ter cuidado com dois factores no cálculo do Yield: O tempo e o número de apostas. Ambos acabam por estar interligados e é preciso ter cuidado antes de seguir um apostador com apenas 40 ou 50 apostas nos registo ou 2 meses de apostas. As séries negativas são uma realidade, tal como explicámos no nosso artigo sobre a importância da gestão de banca e com tão poucas apostas ou tão pouco tempo de actividade não é possível conferir estabilidade ao apostador nem tão pouco saber como lidará de uma dessas séries negativas. Por norma, tem-se como valor razoável cerca de 1000 apostas realizadas e cerca de oito a dez meses de registo.

É por isto que o Yield é a cara de um apostador. É este cálculo que mostra a todos os restantes apostadores ou seguidores a sua consistência e a sua capacidade de transformar conhecimento em lucro.

E você regista as suas apostas? Qual é o seu Yield?

Apostador há mais de 10 anos e fundador do GrandeAposta.com é um amante das apostas em geral, conciliando a visão pragmática de um engenheiro com a emoção inerente a qualquer espetáculo desportivo.

Leave A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.